Desesperador: sem leitos de UTI, pacientes começam a morrer em UPA de Rondônia;

 

Com hospitais totalmente lotados há mais de 40 dias em Rondônia, a fila de pacientes com Covid aguardando leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) chegou a 136 pessoas na tarde desta terça-feira (9). A informação é da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Com mais de 100 pessoas doentes e esperando vaga em Unidade de Terapia Intensiva, algumas delas não estão mais resistindo às complicações do coronavírus.

Em Ariquemes (RO), a 200 quilômetros de Porto Velho, cinco pacientes morreram na UPA enquanto aguardavam vaga em UTI. Segundo a prefeitura, dois pacientes foram a óbito na segunda-feira e os outros três nesta terça-feira. Ao todo, a cidade tem 14 pessoas com Covid na fila de espera por UTI. (G1)

Postar um comentário

0 Comentários