PANDEMIA X ECONOMIA Confúcio incentiva prefeitos de RO a aderirem projetos de agricultura urbana

 Objetivo da proposta do senador é driblar a crise pós Covid gerando emprego e renda através da utilização de espaços públicos 

O desenvolvimento da agricultura urbana (AU) e periurbana como forma de geração de emprego e renda através do aproveitamento de terrenos públicos ou privados foram pautas da reunião realizada pelo senador Confúcio Moura (MDB/RO) por vídeo conferência com o prefeito de Candeias de Jamari, Valteir Queiroz (Patriota), e equipe técnica na última sexta-feira (5).

De acordo com Confúcio, que também é vice-presidente da Comissão do Meio Ambiente no Senado Federal, a proposta faz parte do programa de Aliança de Desenvolvimento dos Municípios previsto no Plano de Atuação do parlamentar.

Ele explica que a proposta, além de orientar os gestores que queiram implantar o projeto em seus municípios, contribui para a segurança alimentar e melhoria da nutrição dos habitantes das cidades.

“A Agricultura Urbana é uma excelente alternativa para mitigar o problema da fome e do desemprego, e é muito oportuno neste momento em que a pandemia causada pelo Coronavírus refletiu na economia e consequentemente, no desemprego e outros problemas sociais que assolam os brasileiros de um modo geral”, explana, acrescentando que, além de gerar emprego e renda, e mover economia e sustentabilidade local, o Projeto traz benefícios sociais como: a ocupação do tempo livre e a interação social.

Técnicas

O senador complementa que, o processo da AU, veem ganhando nova redefinição no espaço urbano com técnicas de manejo no qual sua produção é diretamente voltada à população da cidade fortalecendo o papel do desenvolvimento socioeconômico.

“Em Rondônia, os prefeitos podem desenvolver o projeto utilizando os espaços públicos desocupados mediante a criação de uma Lei municipal”, exemplifica.

Ele explica ainda que agricultura urbana e periurbana são organizadas em um espaço pequeno, porém, são multifuncionais, podendo ser de cultivo de plantas e criação de animais dentro e nos arredores da cidade.

A escala de produção, cita, proporciona várias culturas como: hortaliças, ervas medicinais, flores e frutas, e animais, de acordo com a realidade de cada local.

Adesão

Para o prefeito de Candeias do Jamari, a proposta vem de encontro com seu plano de trabalho. Durante a Conferência, ele sinalizou a adesão ao Projeto no município, e disse que sua equipe técnica iniciará os estudos de viabilidade.

“Vamos fazer Candeias a voltar a sonhar com este projeto”, declarou Valteir Queiroz com entusiasmo.

“O desenvolvimento desse projeto deve possuir um esforço político, econômico e social com planejamento urbano, gestão participativa, e legalizado por Lei municipal”, observou Confúcio Moura, ao lembrar que quando foi governador, criou um Projeto similar: o microcrédito a juro zero por meio do Banco do Povo para atender os pequenos empreendedores urbanos e rurais, uma opção positiva de incentivo às pessoas interessadas em desenvolver a atividade.

Fonte;maisro.com.br

Postar um comentário

0 Comentários