Rondônia tem mais de 100 pessoas na fila de espera por um leito de UTI

 

A fila de espera por leitos de terapia intensiva chegou a 116 pessoas. Os dados foram atualizados na tarde de segunda-feira (8) pela Central de Regulação de Urgência e Emergência (Crue-RO). Esse é o maior número de espera por vaga em UTI.

Ainda segundo indica o Painel Covid do Governo, 12 hospitais de Rondônia seguem com os leitos de UTIs 100% ocupados e isso faz a fila de pacientes aumentar.

As unidades de saúde com 100% de lotação são:

  1. Hospital Adamastor Teixeira de Oliveira – Vilhena
  2. Centro de Afecções Respiratórias – Ariquemes
  3. Hospital de Campanha Zona Leste – Porto Velho
  4. Hospital Cândido Rondon (HCR) – Ji-Paraná
  5. Hospital de Campanha- Porto Velho
  6. Hospital do Amor- Porto Velho
  7. SAMAR – Porto Velho
  8. Cemetron – Porto Velho
  9. Hospital Regional – São Francisco do Guaporé
  10. Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HB) – Porto Velho
  11. Hospital Urgência e Emergência (Heuro) – Cacoal
  12. Hospital Regional – Cacoal

Na tarde de domingo (7), o estado tinha 85 pacientes esperando por leito de UTI, e nesta segunda subiu para 116.

Na macrorregião de saúde 1, que abrange Porto Velho, Ariquemes, Candeias do Jamari, Jaru, Guajará-Mirim, Theobroma, Machadinho D’Oeste, Alto Paraíso, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo de Rondônia, Cujubim, Governador Jorge Teixeira, Itapuã do Oeste, Monte Negro, Nova Mamoré, Rio Crespo e Vale do Anari, o número de pacientes que estão à espera de leitos de UTI chegou a 63

Já na macrorregião 2, que abrange municípios como Jaru, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena, o número de pacientes a espera por uma vaga em UTI chegou a 53

O número faz parte de um relatório interno do fim do dia, ao qual a coluna teve acesso. A lista mais do que dobrou em um período de uma semana – no dia 27 de fevereiro, 155 pacientes aguardavam vaga em UTIs.

Fonte;maisro.com.br

Postar um comentário

0 Comentários