Saúde de Rio Branco continua com imunização de jovens acima dos 18 anos nesta quarta (28)

 


Semsa atende pessoas acima dos 18 anos nesta quarta-feira (28) — Foto: Cassius Afonso/Rede Amazônica Acre

Semsa atende pessoas acima dos 18 anos nesta quarta-feira (28) — Foto: Cassius Afonso/Rede Amazônica Acre

Continua a imunização de jovens acima dos 18 anos nesta quarta-feira (28) em Rio Branco. A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa) abre os 13 pontos de vacinação das 8h às 16h para atender as pessoas que ainda não tomaram a vacina ou que precisam concluir o esquema vacinal.

Para se vacinar é preciso levar um documento com foto ou cartão do SUS ou CPF. Entre os pontos de vacinação, as equipes atendem em Uraps, drive-thru e também no Centro de Convenções da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Nesta terça (27), o Acre recebeu mais dois lotes de vacinas para reforçar a imunização dos moradores contra a Covid-19. Foram, ao todo, mais 3,5 mil doses da CoronaVac e 14,1 mil da AstraZeneca/Fiocruz, totalizando 17,6 mil doses.

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) falou que o lote da CoronaVac vai ser usado para primeira e segunda dose. Já o lote da AstraZeneca/Fiocruz será somente para a segunda dose.

Pontos de vacinação da 1ª e 2ª dose:

  • Urap Hidalgo de Lima
  • Urap Rosângela Pimentel
  • Urap Maria Barroso
  • Urap Vila Ivonete
  • Urap Roney Meireles
  • Urap Cláudia Vitorino
  • Urap Eduardo Assmar
  • Centro de Convenções da Ufac

Pontos somente da 2ª dose:

  • Drive-thru em frente ao 7º BEC
  • Urap São Francisco
  • Urap Bacurau
  • Urap Valdeisa Valdez
  • Policlínica Barral y Barral

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre recebeu 686.170 doses de vacinas e foram aplicadas 476.631 até esta terça (27), sendo 355.393 da primeira dose, 111.807 da segunda e 9.431 dose única. Rio Branco aplicou 280.377 doses e Cruzeiro do Sul 57.755.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.

Postar um comentário

0 Comentários