Autora da peça “O Surgimento de Porto Velho”, Léia Leandro morre aos 59 anos


 

Autora da polêmica peça “O Surgimento de Porto Velho”, transformada em quadrinhos com apoio do poder público e a iniciativa privada, a servidora pública Léia Leandro faleceu neste domingo aos 59 anos, após lutar por vários anos contra um câncer.

 Membro do MDB, ela disputou cadeiras na Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados. Em uma campanha polêmica nos anos 90, ela resolveu mostrar os seios durante os comícios para chamar atenção da mídia e do público. Na época, ela ficou conhecida por “Vitaminada”. Não conseguiu os votos para se eleger, mas deixou o ato registrado na história da cidade. Léia deixa marido, filhos e netos. 

Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

0 Comentários