Deputado Luizinho Goebel recebe reivindicação de diretora da Escola Estadual Floriano Peixoto, em Cerejeiras

 

Deputado Luizinho Goebel recebe reivindicação de diretora da Escola Estadual Floriano Peixoto, em Cerejeiras

“Queremos que o setor educacional esteja no topo das prioridades e a escola Floriano Peixoto alcançou 7.2 no Ideb”

O deputado estadual Luizinho Goebel (PV) em visita nesta segunda-feira (09/08) a Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Floriano Peixoto do Município de Cerejeiras, foi recebido pela Diretora Adriana Fátima Mignoni e gestoras da Escola Estadual, que lhe trouxeram várias reivindicações para a realização de melhorias, em caráter de urgência.

A solicitação da Diretora Adriana a necessidade de uma equipe de engenheiro e um arquiteto da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para formalização de um projeto de reforma e construção de dois banheiros, na referida escola. A reivindicação da reforma solicitada abrange calçadas, pátio da escola, banheiros e reformas nas salas de aulas.

As gestoras da escola pediram para o deputado que ajude para que essa demanda seja o mais rápido possível devido a situação precária em que se encontra o ambiente escolar com rachaduras nas paredes das salas de aulas do estabelecimento de ensino fundamental Floriano Peixoto.

O deputado Luizinho disse, para as gestoras da escola estadual que será reformado com recursos de emenda de sua autoria, após atuação do parlamentar junto ao Governo do Estado. “Educação é prioridade para toda a sociedade que quer chegar ao pleno desenvolvimento”, declara Goebel.

Durante a visita ao Colégio Estadual Floriano Peixoto, o deputado Luizinho esteve acompanhado pela diretora da unidade de ensino Adriana Fátima Mignoni, presidente da Câmara de Vereadores Samuel Carvalho (PTB) e do vereador Elói Antônio Ronsani (PV), que destacou a importância dos recursos estaduais para a reforma da instituição de ensino.

Goebel comprometeu-se em fazer gestão junto a Seduc para que a solicitação seja, o mais breve possível, atendida, uma vez que é uma necessidade básica do ambiente escolar está pelo menos em condições adequada de uso pelos alunos, professores e servidores.

Fonte e Fotos: Wilmer G. Borges

Postar um comentário

0 Comentários