Trio faz roubo de motorista de aplicativo, foge da polícia, trocam tiros e o pior acontece

 

Trio faz roubo de motorista de aplicativo, foge da polícia, trocam tiros e o pior acontece

Os policiais após a persistência conseguiu localizar e deter o terceiro elemento que é menor de idade…

Os foragidos da justiça identificados como Rodrigo Tavares da Silva, 22 anos e Lucas Gabriel Honorato Teixeira, 23 anos, além de um adolescente de 17 anos, foram detidos na noite de quarta-feira (11), após uma intensa perseguição e troca de tiros com uma equipe do GAPE (Grupo de Ações Penitenciária Especial), na Estrada da penal, zona rural de Porto Velho.

De acordo com informações que constam no boletim de ocorrência, os dois suspeitos roubaram um motorista de aplicativo, onde o levaram como refém e o deixaram amarrado em uma área de mata no Anel Viário da Estrada da penal após os presídios e disseram que iriam levar seu carro para fazer uma fita e depois o abandonariam e saíram em fuga. A vítima conseguiu se soltar e procurou ajuda de motoristas que passavam pelo local onde acionaram a Polícia Militar para fazer o registro da ocorrência.

Uma equipe do GAPE que fazia patrulhamento pela região dos presídios se deparou com o carro da vítima e depois de verificar a placa e constatar que se tratava do carro roubado, deram ordem de parada e os suspeitos saíram em fuga quando entraram no Ramal 21 de abril e os dois suspeitos saíram do carro atirando contra os policiais penais que revidaram a injusta agressão atingindo o suspeito Lucas Gabriel que caiu ao solo de posse de uma arma de fogo do tipo pistola calibre 9mm contendo dez munições intactas.

E o outro suspeito foi preso por que não conseguiu sair do carro e o menor infrator saiu correndo para dentro do matagal. Onde policiais fizeram buscas pelo matagal e não objetivaram resultados e os policiais solicitaram apoio da Polícia militar para fazer um pente fino pelo matagal. Uma equipe do Samu esteve no local e prestou apoio ao suspeito que estava baleado nas duas pernas e foi conduzido para a emergência do hospital João Paulo II.

Depois de algum tempo os policiais receberam uma denúncia de que um sitiante percebeu alguém em sua propriedade e teria efetuado tiros contra ele e logo os militares se deslocaram para o local onde avistaram duas mulheres em uma moto e assim que viram os militares saíram em fuga e sofreram a queda e confessaram que uma era mulher de um dos presos e a outra e era amiga e receberam uma ligação para resgatar o suspeito.

Os policiais entraram no sítio depois de várias buscas conseguiram localizar o menor infrator onde ele recebeu voz de apreensão e todos os suspeitos foram conduzidos para a central de flagrantes onde a vítima os reconheceu como sendo autores do roubo. O baleado ficou sobe escolta da Policial penal devido ter que passar por um procedimento cirúrgico.

Fonte: Hora 1 Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários