Assessor Marcos Rogério é preso por tráfico de drogas



Assessor em Rondônia lotado no gabinete do senador Marcos Rogério (DEM), Marcelo Guimarães Cortez Leite, foi um dos 12 presos na Operação Alcance realizada pela Polícia Federal para combater o tráfico de drogas entre Guajará-Mirim, Porto Velho e Fortaleza (CE). Em nota ao Antagonista, o parlamentar, principal defensor do presidente Bolsonaro na CPI da Covid, se disse surpreso e promete demitir o assessor. “Fui surpreendido com a notícia de busca e apreensão na casa de um dos meus assessores, lotado no escritório de apoio parlamentar de Porto Velho. Não tenho informações se existe ou não envolvimento na prática de algum ilícito, mas em decorrência das investigações em curso decidi exonerá-lo, aguardando maiores esclarecimentos dos fatos”, disse o senador rondoniense. Marcelo já foi lotado também pelo gabinete da presidência da Assembleia Legislativa de Rondônia.



Postar um comentário

0 Comentários