Comissão de Fiscalização de Registros do Sinjor visita Prefeitura de PVH e dá início a levantamento de perfil socioeconômico da categoria de jornalistas

 Comissão abre debate com Prefeitura da Capital sobre temáticas que impactam no desempenho da profissão de jornalistas



Recepcionados pelas coordenações de imprensa e produção digital da Prefeitura de Porto Velho, a Comissão de Fiscalização e Registros do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Rondônia (Sinjor) deu início, nesta quarta-feira (22), à abertura de diálogo com o objetivo de implementar as políticas de atualização e desenvolvimento da categoria. A reunião contou com as participações do coordenador de imprensa da Prefeitura, Renan Cividati, coordenador de produção digital (Prefeitura), Fernando Fontes, jornalistas Analton Alves e Miro Costa (Sinjor). Na oportunidade, as temáticas conceituais de cultura, identidade regional, informação jornalística e memória nortearam as conversas entre os representantes dos dois órgãos ainda em tom de informalidade. “Escolhemos, como primeiro passo, realizar um levantamento do perfil socioeconômico, em todo o estado, do profissional de imprensa em atividades para podermos, a partir de então, traçar as nossas investidas e prioridades”, explica Miro Costa, membro da Comissão do Sinjor.

Diante da Comissão do Sindicato dos Jornalistas, os coordenadores de imprensa e mídia da Prefeitura se prontificaram à intermediação de diálogo entre os dois órgãos que possa propiciar a abertura de novos e efetivos debates sobre a categoria profissional. “Vamos disponibilizar esse documento do Sinjor, o questionário de levantamento do perfil socioeconômico, para que os profissionais de imprensa desse setor tenham acesso e possam contribuir com a pesquisa”, complementa Renan Cividati. Na ocasião, temáticas como “a implementação de um jornalismo mais verossímil” e “responsabilidade da informação jornalística” também foram discutidas com sugestões para a realização de debates abertos junto à comunidade. 

O Sinjor, que retornou suas atividades presenciais na quarta-feira (15) da semana passada, está presidido pelo jornalistas Zacarias Pena Verde e vem abrindo caminho para a reorganização do órgão que, segundo ele, deve começar com uma anistia aos inadimplentes e credenciamento dos profissionais atuais que atuam ainda sem vínculo com a representatividade. Apesar do período pandêmico e as necessidades de cuidados essenciais, tais como o uso de máscara e higienização básica, o atendimento presencial no Sinjor aos poucos, de acordo com o presidente, vai se estabelecendo. “Sabemos que a situação ainda exige muita cautela e cuidados redobrados, em função dessa pandemia. Sentimos a perda de grandes amigos, profissionais da categoria, em função da Covid-19, e é por isso que o atendimento presencial deve ser retomado com muita atenção e cuidado”, argumenta o presidente Zacarias Pena Verde.

Uma nova reunião com o setor de imprensa da Prefeitura de Porto Velho deve acontecer na próxima semana com o objetivo de estreitar os laços entre a categoria de jornalistas e os gestores públicos. Na opinião do presidente do Sinjor, Zacarias Pena Verde, neste momento o trabalho desenvolvido visa uma maior credibilidade da representatividade profissional junto à categoria. “O que esta gestão está propondo é uma organização para que possamos melhor aparelhar o verdadeiro jornalista. Isso é importante para que este profissional não seja confundido com os falsos profissionais”, explica o presidente fazendo referência à importância do levantamento socioeconômico como aparelhamento tecnológico. 


Fonte: Assessoria Sinjor

Postar um comentário

0 Comentários