Desde sua chegada ao Flamengo, em 2019, Gabigol supera em gols por clubes Messi, Mbappe e CR7



Gabigol vive uma longa lua de mel com a torcida do Flamengo desde que chegou ao clube, em 2019, quando foi decisivo na temporada avassaladora do time sob o comando de Jorge Jesus e manteve os bons números. Ele é o segundo maior artilheiro de clubes entre as principais ligas do mundo desde o momento de sua estreia, no dia 23 de janeiro, no empate em 1 a 1 com o Resende, no Campeonato Carioca de 2019.

O atacante fica à frente de craques como Messi e Cristiano Ronaldo e perde apenas para Lewandowski, do Bayern de Munique.


ge preparou a lista com os principais artilheiros de clubes desde a estreia de Gabigol em 2019. Veja:

  • Lewandowski (Bundesliga) - 127 gols
  • Gabigol (Campeonato Brasileiro) - 97 gols
  • Messi (La Liga*) - 95 gols
  • Mbappé (Ligue 1) - 93 gols
  • Haaland (Bundesliga) - 92 gols
  • Cristiano Ronaldo (Série A) - 85 gols

Dos 97 gols, Gabigol marcou 43 em 2019, sendo sete no Campeonato Carioca, dois na Copa do Brasil, 25 no Campeonato Brasileiro e nove na Libertadores. Na temporada 2020, apesar de ter sofrido uma lesão grave, ele teve novamente números positivos. Foram 27 gols em 43 jogos - 16 partidas a menos do que no ano anterior.


Na atual temporada, Gabigol já igualou 2020: soma 27 gols em 27 jogos - média de um gol por jogo em todas as competições que participou.

  • Libertadores – 10 jogos /10 gols
  • Campeonato Brasileiro – 6 jogos / 6 gols
  • Copa do Brasil – 2 jogos / 2 gols
  • Supercopa do Brasil – 1 jogo / 1 gol
  • Campeonato Carioca – 8 jogos / 8 gols

Em participações diretas, Gabigol tem uma média ainda mais alta. Com as cinco assistências, o número aumenta para 32 participações, com média de 1,18 por jogo. No somatório geral pelo Flamengo, Gabigol tem 126 participações diretas em gols em 129 jogos - média de 0,97 por jogo.

Pela seleção brasileira, Gabigol ganhou espaço com o técnico Tite. Ele participou de cinco das sete partidas disputadas pela Copa América. O Brasil perdeu a final para a Argentina por 1 a 0.

Gabigol e Medel em Chile x Brasil — Foto: REUTERS/Claudio Reyes

Gabigol e Medel em Chile x Brasil — Foto: REUTERS/Claudio Reyes

Na última Data Fifa, com a ausência de jogadores que atuam na Inglaterra, ele ganhou a vaga de titular na vitória contra o Chile por 1 a 0 e teve nova oportunidade contra a Argentina em jogo interrompido após intervenção da Anvisa por conta de jogadores argentinos em condições irregulares no Brasil.

expectativa para o 100º gol é alta. Os próximos confrontos do Flamengo são contra o Palmeiras, no próximo domingo (12), no Allianz Parque, às 16h (horário de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira (15), o Flamengo enfrenta o Grêmio pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, depois da vitória por 4 a 0, na Arena do Grêmio, na ida.

Palmeiras e Grêmio são vítimas frequentes dos gols de Gabigol. Pelo Flamengo, Gabriel marcou cinco gols contra o Grêmio, sendo três deles em 2019, dois na vitória de 5 a 0, pela semifinal da Libertadores, no Maracanã. Contra o Palmeiras, também foram cinco gols, dois no primeiro turno e dois no segundo turno do Campeonato Brasileiro 2019.

Gabigol também levantou a plaquinha da torcida na final da Supercopa do Brasil, quando marcou um dos gols no empate em 2 a 2. O Flamengo conquistou o título nas cobranças de pênaltis vencendo a disputa por 6 a 5.


Fonte: Ge

Postar um comentário

0 Comentários