Empresário é sequestrado na porta de banco na capital e tem caminhonete roubada

 


Um empresário foi sequestrado na última sexta-feira (24) em Porto Velho próximo a um banco na região central da cidade e teve a caminhonete roubada. Ele foi localizado horas depois em um matagal e o veículo foi recuperado.

Segundo informações da família da vítima, o homem sacou cerca de R$ 4 mil para pagar funcionários, quando foi abordado por três homens armados, que entraram no carro e saíram do local levando o empresário.

Um filho da vítima passou a desconfiar que algo tinha acontecido, pois o pai não atendia as ligações, e acionou a Polícia Militar. No final da tarde, a caminhonete foi localizada em Guajará-Mirim próximo a um local que costuma ser utilizado como porto clandestino para a travessia de veículos para a Bolívia.

Pouco depois, familiares do empresário receberam informações de compras no cartão de crédito da vítima e foram até as lojas para tentar conseguir imagens de câmeras de segurança que ajudassem a localizar o homem. De acordo com a família, os criminosos chegaram a deixar dados para sorteio em um estabelecimento.

Área próxima onde o empresário foi deixado em Porto Velho após o assalto — Foto: Lilian Oliveira/Rede Amazônica

Área próxima onde o empresário foi deixado em Porto Velho após o assalto — Foto: Lilian Oliveira/Rede Amazônica

Já no final da noite, o empresário foi localizado em uma área de mata próxima ao Parque Natural de Porto Velho. O homem contou que foi rendido, amarrado e deixado em um matagal. Os assaltantes teriam dito ao homem para esperar duas horas antes de sair do local, ou seria morto. Após esse tempo, a vítima conseguiu andar até um sítio, onde pediu ajuda.

Caminhonete recuperada

Após a informação do possível sequestro do empresário em Porto Velho para o roubo de uma caminhonete, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) se deparam com o veículo entrando em uma estrada que dá acesso a um ponto usado para o envio de carros de forma clandestina para a Bolívia.

Segundo a polícia, quando o suspeito viu que estava sendo seguido pela viatura, abandonou o veículo e correu para uma área de mata. A caminhonete foi recuperada e os policiais seguiram nas buscas pelo suspeito. Momentos depois, encontraram policiais militares abordando um carro de passeio com três integrantes, todos moradores de Guajará-Mirim.

Os policiais militares descobriram que os dois passageiros já haviam sido presos pelo mesmo crime, e quando os policiais rodoviários se aproximaram identificaram um dos integrantes do carro como sendo o suspeito que havia abandonado a caminhonete e fugido.

Os dois passageiros foram presos e apresentados na delegacia da Polícia Civil de Guajará-Mirim.

Postar um comentário

0 Comentários