Hospital do Amor terá centro de reabilitação e pede auxilio da AROM para implantar telemedicina nos municípios



A convite da deputada federal Silvia Cristina (PDT), a Associação Rondoniense de Municípios (AROM) realizou uma visita ao Hospital do Amor de Rondônia na manhã de quinta-feira (23), que está passando por novas obras de expansão e possuem outros projetos importantes para os municípios do estado.

O Hospital do Amor, uma extensão do Hospital de câncer de Barretos, tem auxiliado muito no combate ao câncer não apenas em Rondônia, mas também nos estados vizinhos. Desde sua abertura, já tratou centenas de pacientes, trazendo ajuda para as famílias dos pacientes e qualidade de vida durante a luta contra esta terrível doença.

Atualmente o hospital, com a ajuda da deputada federal, está expandindo e criando um Centro de
Reabilitação que irá ajudar pessoas com deficiências físicas, que perderam membros devido a graves acidentes, pessoas com deficiências visuais e auditivas e auxilio para pacientes com autismo, síndrome de down e outras questões condições genéticas.

O novo centro também contará com fabricação de próteses e órteses, incluindo próteses auditivas e visuais, e dará atendimento completo para que as pessoas aprendam a trabalhar com os novos membros artificiais.

“Foram mais de R$15 milhões que encaminhamos. É um espaço muito importante não só para pacientes de câncer que precisam dessa reabilitação, mas também pacientes que perderam membros, com condições genéticas e deficiências auditivas e visuais”, ressaltou a parlamentar federal.

PROJETO TELEMEDICINA

Durante a visita também foi apresentado o Projeto Telemedicina, onde o Hospital do Amor passaria a disponibilizar atendimentos online para pacientes que não tenham a necessidade de serem atendidos presencialmente.

Além de médicos regionais, a tecnologia iria possibilitar que os pacientes fossem atendidos por médicos do hospital de Barretos.

Para realizar esse projeto o Hospital do Amor pediu auxilio da AROM, que irá mobilizar os municipalistas para a concretização do Telemedicina.

Postar um comentário

0 Comentários