Sinjor vai retomar atendimento presencial nesta quarta-feira



Comissão inicia trabalhos de fiscalização de registros profissionais; anistia para inadimplentes entra em discussão

DA REPORTAGEM LOCAL
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Rondônia (Sinjor) retoma nesta quarta-feira (15), o atendimento presencial em sua sede, em Porto Velho. Na pauta, reunião da Comissão de Fiscalização de Registros Profissionais, anistia para inadimplentes, modernização do site do Sinjor e encaminhamentos. A confirmação foi feita nesta terça-feira (14) pelo presidente do Sinjor, Zacarias Pena Verde.

Pauta de campanha, a nova diretoria defende uma revisão de todos os registros profissionais feitos através da Superintendência do Trabalho em Rondônia (SRT). A medida tem como objetivo identificar possíveis irregularidades, considerando o número altíssimo de registros concedidos a pessoas sem relação com a categoria, afirma o presidente.

COMISSÃO – Zacarias Pena Verde diz que sindicato quer fiscalização de registros profissionais

De acordo com Zacarias Pena Verde, o Sinjor não irá fazer caças às bruxas. O sindicato quer regularizar quem está trabalhando na área, mas que por algum motivo, ainda não está em conformidade com a legislação, e acolher novos profissionais que estão entrando no mercado.

A comissão começa a fazer um levantamento geral de todos os registros. O presidente destaca que o trabalho poderá ter a participação de sindicatos de trabalhadores e federações. O Ministério Público (MP-RO) já emitiu orientação para que órgãos públicos – governo de Rondônia, prefeituras, câmaras e ALE – não contratem para funções de jornalista pessoas de outras áreas, lembra o presidente.

Com mais de 30 anos de atuação no jornalismo rondoniense, o jornalista Miro Costa integra a comissão que conta ainda com Marcos Grutzmacher, Nil Penna, Wedner Moreira e Alexandre Fernandes.

EM PAUTA – Diretoria inicia parceria com a Escola do Legislativo

BANCADA FEDERAL

A diretoria vai iniciar tratativas junto à bancada federal de Rondônia para obter apoio ao projeto de Lei que trata da regulamentação da profissão de jornalista volte a tramitar no Congresso Nacional.

Postar um comentário

0 Comentários