50 pessoas são presas durante operação do 5º Batalhão da PM em Porto Velho


 

Uma operação do 5° Batalhão da Polícia Militar prendeu 50 pessoas em Porto Velho e Candeias do Jamari, a maioria detentos que estão no regime semiaberto. A ação aconteceu principalmente em bairros da zona leste da capital. Equipes da Polícia Rodoviária (PRF), agentes penais e Secretaria de Justiça (Sejus) também fizeram parte da operação.

A ação da PM começou às 5h na quarta-feira (13) e foi até às 00h desta quinta-feira (14). Segundo a corporação, a operação foi feita em três etapas: a primeira foi focada na busca e captura de detentos monitorados que estivessem fora de rota e descumprindo ordens judiciais. Nessa fase, 50 pessoas foram presas.

"Dentre as prisões houve a de uma suspeita de um homicídio ocorrido na semana passada. A mulher foi conduzida à Delegacia de Homicídios. Também tivemos mais dois mandados de prisão que foram cumpridos e não estavam dentre os alvos", contou o major Lourenço.


Na segunda fase da operação, equipes da PM estiveram fiscalizando o trânsito em patrulhamento nas áreas comerciais da zona leste. Já na terceira etapa, que começou às 20h de quarta-feira, equipes da Semusb, Semfaz a PM fiscalizaram nos estabelecimentos noturnos

A operação faz parte do cronograma de comemoração da semana de aniversário do 5ª Batalhão da Polícia Militar. A ação levou o nome de Operação Hematita, que faz referência as bodas de 28 anos do Batalhão Belmont.

Postar um comentário

0 Comentários