Cachorro que teve convulsão ao ser espancado passará por reconstrução de osso; PC investiga o caso

 


Por conta da paulada, Spike teve o úmero (osso) quebrado. Após repercussão do caso, uma sobrinha do agressor compareceu à clínica e informou que o suspeito custeará o tratamento do cachorro

Spike!! Esse é o nome do cachorro que teve convulsão após ser agredido a pauladas por um homem em Porto Velho. Por conta da agressão, o cachorro quebrou o úmero (o maior osso do membro superior) e precisará passar por uma cirurgia da reconstrução em uma clínica, onde está internado.

Uma gravação que mostra a ação do agressor viralizou nas redes sociais e causou revolta na semana passada (veja o vídeo aqui).

O veterinário Magno Michel é quem realizará o procedimento cirúrgico do Spike. Ao g1ele explicou que o cachorrinho chegou na clínica com a dona, mas estava sendo assessorado pela ONG Socorristas Animais.

Spike está internado há cinco dias e aguarda para fazer a cirurgia.

Por conta da repercussão do caso de Spike, a ONG informou que arcaria com os custos da cirurgia e tratamento do animal.

No entanto, na manhã da terça-feira (5), segundo o veterinário, uma sobrinha do agressor compareceu na clinica e informou que custearia o procedimento para o Spike.

Cachorro que teve convulsão após levar pauladas de homem passará por cirurgia de reconstrução do úmero — Foto: arquivo pessoal

Maus-tratos

Na última quinta-feira (30), um vídeo que mostra um homem arremessando um pedaço de madeira contra o cachorro viralizou nas redes sociais. Após ser atacado, o cão ficou no asfalto se debatendo de dor.

Após a repercussão das imagens, a Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o fato. O caso está sob a responsabilidade Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes contra Meio Ambiente (DERCCMA).

Postar um comentário

0 Comentários