Em má fase, Palmeiras deve usar Brasileiro por recuperação até a decisão da Libertadores



Abel Ferreira foi claro na entrevista coletiva após a derrota do Palmeiras por 4 a 2 contra o Red Bull Bragantino que não "irá vender sonhos" e admitiu o momento ruim da sua equipe no Campeonato Brasileiro. Até por isso, a competição será uma maneira de o treinador tentar reencontrar o bom rendimento da sua equipe para o principal foco do clube neste momento da temporada: a final da Libertadores.

Vendo a distância para o líder Atlético-MG e agora até para o vice-líder Flamengo aumentar a cada rodada, o Verdão quer usar o tempo até a decisão do torneio sul-americano, no dia 27 de novembro, para corrigir problemas. E são vários os defeitos cometidos pela equipe neste momento.

Terceira pior defesa da competição, a equipe de Abel Ferreira sofreu 12 gols nos últimos seis jogos no Brasileirão, quando os palmeirenses venceram apenas uma vez, empataram um confronto e perderam quatro duelos.


Depois de criticar o desempenho defensivo contra o Juventude e o ataque contra o América-MG, o treinador chamou a responsabilidade para ele após a derrota contra o Red Bull Bragantino. Antes, o português se incluiu como parte dos problemas da equipe, mas as declarações foram avaliadas como desnecessárias por pessoas do clube.

– O maior culpado sou eu. Eu sou o treinador e coloco para jogar. Os erros deles são meus erros. Eles vão para dentro e jogam e eu assumo a responsabilidade. Eles tentaram , forçaram, mas foram para dentro. Tiveram erros, mas eu sou o responsável – disse o treinador.


– Tenho que ser realista, não posso vender sonhos. Quando você vê um Atlético-MG fortíssimo, sem facilitar nada. Quando você vê um Flamengo fortíssimo e nesse momento o Palmeiras não está forte. Estamos em um mau momento e temos que assumir. Temos muitos jogos ainda, mas temos que lembrar que temos um jogo dia 27 (a final da Libertadores, em novembro) e são esses jogos que vão nos preparar para lá. Esses são nossos jogadores e apesar das ausências vamos trabalhar para fazer mais e melhor – admitiu o português.

Na próxima rodada, o Palmeiras vai até Salvador enfrentar o Bahia, na próxima terça-feira. Para este confronto, os convocados Weverton, Gustavo Gómez e Piquerez seguem fora, mas Felipe Melo e Gabriel Menino estarão novamente à disposição da comissão técnica.

Lesionados, Marcos Rocha, Danilo e Zé Rafael ainda dependem de evolução física para voltarem a treinar com bola na Academia de Futebol.

A agenda do Palmeiras no Brasileirão:

  • 26ª rodada: Bahia x Palmeiras (12/10)
  • 27ª rodada: Palmeiras x Internacional (17/10)
  • 19ª rodada: Ceará x Palmeiras (20/10)
  • 28ª rodada: Palmeiras x Sport
  • 29ª rodada: Grêmio x Palmeiras
  • 30ª rodada: Santos x Palmeiras
  • 31ª rodada: Palmeiras x Atlético-GO
  • 32ª rodada: Fluminense x Palmeiras
  • 33ª rodada: Palmeiras x São Paulo
  • 34ª rodada: Fortaleza x Palmeiras
  • 35ª rodada: Palmeiras x Atlético-MG
  • Final da Libertadores: Palmeiras x Flamengo (27/11)
  • 36ª rodada: Cuiabá x Palmeiras
  • 37ª rodada: Athletico x Palmeiras
  • 38ª rodada: Palmeiras x Ceará

Fonte: ge

Postar um comentário

0 Comentários