Banner

Homem “surtado” é espancado após tenta agarrar mulheres em Residencial


 

 Um homem ainda não identificado e aparentemente surtado tentou agarrar duas mulheres no Residencial União no final da manhã desta terça-feira, 26. Flagrado por parentes de uma das vítimas, o homem aparentando ter na faixa dos 40 anos, foi perseguido e agredido até a chegada da Polícia Militar.

 De acordo com informações apuradas pela reportagem da Folha do Sul Online, o homem que afirmava ter saído do hospital no domingo curado da covid, tentou passar a mão em uma jovem que caminhava na rua. Flagrado pelo marido da garota, o homem fugiu correndo.
 
Algumas ruas depois, o suspeito invadiu uma casa e encontrou uma senhora sozinha. Segundo apurou a reportagem, o homem teria pedido café e a mulher servido a bebida. Depois ele teria se despido e tentado agarrar a mulher.
 
Neste momento dois parentes da mulher chegaram e o invasor fugiu pulando o muro para o quintal vizinho. Depois pulou para outro quintal dando de cara com cães pitbull. Rapidamente ele pulou de volta para o quintal e continuou a fuga até conseguir chegar a rua dos fundos.
 
Mas, acabou sendo alcançado pelos parentes da segunda vítima que o agrediram com socos, chutes e com um pedaço e pau. Enquanto era agredido, o homem falava se dirigindo a um dos rapazes que usava um equipamento de monitoramento eletrônico: “Essa tornozeleira vai cair em nome de Jesus”.   
 
A polícia chegou rapidamente ao local e deteve o homem que foi encaminhado para a UNISP.

Postar um comentário

0 Comentários