Banner

Homens são condenados por matar morador de rua a pauladas e facadas em Cacoal

 


Crime aconteceu em 2018 em frente à Igreja Matriz. Vítima era deficiente e tinha transtornos psicológicos

Dois homens foram condenados na manhã desta quinta-feira (14) por um homicídio cometido em 2018 em frente à Igreja Matriz de Cacoal (RO). A vítima, que era deficiente e estava em situação de rua, foi atacada a facadas e pauladas.

O julgamento teve início por volta das 7h30 no Fórum Desembargador Aldo Alberto Castanheira. O réu Joseildo dos Santos Moura, que aguardava o julgamento preso desde o dia do crime, compareceu ao Fórum e assumiu a autoria do homicídio.

Já o segundo réu, Michel Rodrigues, que aguardava o julgamento em liberdade, não compareceu. Segundo o Tribunal de Justiça, ele está em situação de rua e não foi localizado.

O julgamento durou cerca de 6 horas e ambos os réus foram condenados a 12 anos de prisão em regime fechado. Joseildo voltou para o presídio de Cacoal, sem o direito de recorrer em liberdade, e Michel está foragido.

O caso

William foi morto a facadas e pauladas no dia 13 de maio de 2018 enquanto dormia na escadaria da Igreja Católica Matriz, em Cacoal. A vítima tinha deficiência física e transtornos psicológicos.

Segundo testemunhas, ele teria discutido dias antes com Joseildo e entrado em uma briga física, o que motivou o réu a cometer o crime.

Postar um comentário

0 Comentários