Menino joga óleo quente no padrasto para defender mãe grávida de agressões


 

Na madrugada da quinta-feira passada, um menino, de 12 anos, precisou jogar óleo quente no padrasto, de 20 anos, para defender a mãe grávida de agressões. O caso aconteceu em Araçatuba, no interior de São Paulo.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem agrediu a mulher, de 28 anos, após ela afirmar que pretendia ir embora da casa onde moram.

Ao presenciar as agressões à mãe, o jovem pegou óleo que estava no fogão e jogou no padrasto, que teve queimaduras e foi levado à Santa Casa, onde está internado.

O caso foi registrado na Polícia Civil. A vítimas das agressões solicitou medida protetiva contra o companheiro.

Postar um comentário

0 Comentários