Quadrilha usa fotos íntimas para chantagear vítimas no “golpe dos nudes”; entenda o esquema criminoso

 


Na quinta-feira (7), a Polícia Civil do RS desmantelou uma quadrilha que aplicava o golpe em pelo menos 8 estados. Veja como funcionava o teatro da extorsão

Falsos policiais, falsas delegacias e até falsas vítimas menores de idade. Na última quinta-feira (7), a Polícia Civil do Rio Grande do Sul desmantelou uma quadrilha que aplicava o chamado ‘golpe dos nudes’ em pelo menos 8 estados. O golpe inicia com o contato de uma mulher jovem com os alvos. Após iniciar a conversa em um aplicativo, eles passam a conversar por mensagens, e a trocar fotos íntimas.

Em seguida, o homem, vítima do golpe, passa a receber ligações dos supostos pais da jovem ou de falsos policiais civis que o acusam de pedofilia, sob a alegação de que as fotos são de uma criança ou adolescente. Na extorsão, os falsos familiares exigem valores para não denunciar à polícia ou se identificam como delegados, na tentativa de arquivar os supostos inquéritos.

Veja dicas da Polícia Civil para não cair neste golpe

Fantástico revela depoimentos de vítimas dessa quadrilha e também mostra como funcionava o teatro da extorsão. Entenda este enredo criminoso vendo a reportagem em vídeo.

Postar um comentário

0 Comentários