Banner

Homem é preso por matar cachorro doente a pauladas e marretadas em Porto Velho

 


Dono do animal disse à PM que decidiu sacrificar o cachorro porque o animal teria recebido uma injeção letal, após recomendação do veterinário, mas o efeito do ‘produto’ estava demorando

Um homem de 39 anos foi preso após confessar ter dado pauladas e marretadas para matar o próprio cachorro. O crime aconteceu na noite de quarta-feira (10) no bairro Agenor de Carvalho, em Porto Velho.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi acionada por um vizinho do suspeito para verificar um crime de maus-tratos a animal em uma casa da rua Delegado Mouro dos Santos.

No local, populares mostraram aos policiais vídeos onde é possível ver um cachorro, de porte grande, deitado no chão e agonizando.

Em outras imagens obtidas pela polícia foi possível ver o suposto dono do cachorro o agredindo violentamente. Ele usava um pedaço de madeira e depois usou uma marreta de ferro.

Através das grades do portão, a PM notou que havia “muito sangue espalhado pela varanda”.

Os policiais tentaram, por diversas formas, contato com o morador. Bateram palmas no portão, usaram a sirene da viatura, mas o homem, que segundo os populares estava dentro da casa, não saía para atender a PM.

Após receber orientações, os policiais adentraram no terreno e, em um corredor na lateral da casa, foi localizado o corpo do cachorro, já sem vida.

Postar um comentário

0 Comentários